machado_001.png

COMO MACHADO DE ASSIS PODE RELATIVIZAR SUA VIDA
SOMOS CONDENADOS A JULGAR E A SER JULGADOS

capa_machado_de_assis.jpg

NA OBRA DE MACHADO DE ASSIS NÃO HÁ UMA FRASE QUE NÃO esteja carregada de segunda intenção e de sarcasmo. Há, em sua literatura, personagens cuja volubilidade moral põe em xeque qualquer definição categórica sobre eles. Impossível ler Machado sem buscar nas entrelinhas o escondido e o interstício, o Bruxo do Cosme Velho, como ele é chamado, sempre foi o escritor das fendas e da intenção oblíqua, e nelas projetou leitores e personagens em um jogo ardiloso entre ficção e realidade, entre verdade e mentira. Como Machado de Assis pode relativizar sua vida apresenta leituras possíveis para a realidade a partir da análise da obra do escritor

Download
Ficha Cadastral

Características:

Título: Como Machado de Assis pode relativizar sua vida
Autor: João Jonas Veiga Sobral

Preço: R$ 39,90
Selo: Buzz Editora
ISBN:  978-85-93156-94-6
Formato: 14x21cm
Páginas: 192
Tiragem: 10 mil exemplares
Lançamento: Maio de 2019

SOBRE SEU AUTOR

João Jonas Veiga Sobral é formado em Letras. Professor de Língua Portuguesa e de Literatura, além de Orientador Educacional. É autor do Guia do Estudante (Editora Abril), Caderno de Revisão de Gramática (Editora Moderna) e Português Prático (Editora Iglu). Também é colunista da revista Educação.

joao.png

Contato para palestras