Buscar

Pare de focar nos outros e concentre-se em si mesmo com [NEM] TUDO ESTÁ PERDIDO

A dra. Kathleen Smith propõe três ações — observar, avaliar e interromper — para você diminuir a ansiedade e construir um “eu sólido"


Sabe quando tudo parece fora de controle e você sente que vive em um estado de alerta permanente; e fica com o coração acelerado e dá vontade de sair correndo?

Pois saiba que [NEM] TUDO ESTÁ PERDIDO. Você não está sozinho.

A ansiedade é o grande mal do século e não é à toa que as pessoas têm se sentido cada vez mais agitadas e ansiosas. O mundo atual, mais acelerado e imprevisível do que nunca, não ajuda muito, mas a Dra Kathleen Smith guiará você rumo ao seu eu autêntico e assim você será capaz de controlar a sua ansiedade.

No livro [NEM] TUDO ESTÁ PERDIDO, lançamento da Buzz Editora que chega às livrarias neste mês de julho, você vai aprender a identificar suas reações automáticas quando passa por momentos de grande estresse — seja na hora de fazer uma apresentação para o seu chefe ou de ter aquela conversa difícil com seu/sua parceiro/a.

Ao agir de maneira racional, distinguindo emoções de pensamentos, você encontrará seu equilíbrio e transitará de maneira mais leve e tranquila na vida.

A autora compartilha recursos práticos e comprovados, sempre com uma dose de bom humor, para você sair do piloto automático e desenvolver uma postura mais madura e menos impulsiva em seus relacionamentos, no trabalho e na vida cotidiana.

Ok, mas como eu me tranquilizo?

A construção de um "eu sólido" que consegue controlar a ansiedade é um processo complexo, que é para toda a vida, mas que se baseia em três passos básicos:

OBSERVAR

Antes de ser capaz de mudar seus comportamentos ansiosos, é preciso saber quais são eles. Ao observar a si mesmo, você já estará usando a parte de seu cérebro que o ajuda a se tranquilizar. [Nem] tudo está perdido vai ilustrar os comportamentos mais comuns que acompanham a ansiedade, e você se tornará um especialista em reconhecê-los.

AVALIAR

Você tem de olhar com rigor o que está fazendo para controlar sua ansiedade e se perguntar: “É essa a pessoa que eu realmente quero ser?”. A dra. Kathleen Smith discorre sobre como viver uma vida orientada pela lógica e por princípios, e não surtando.

INTERROMPER O AUTOMÁTICO

Depois de ter observado seus comportamentos automáticos e de ter decidido como quer viver de verdade, você tem de começar a buscar oportunidades para desligar seu piloto automático. Isso implica certo nível de desconforto. Porque toda vez que você faz algo que normalmente não faria, é um pouco desconfortável.

Depois de trabalhar na construção de um eu mais sólido, as pessoas frequentemente comentam que a vida que levavam antes é totalmente irreconhecível comparada com a que estão levando agora. Elas perdem menos energia buscando aprovação e têm mais energia para trabalhar por seus objetivos. Têm menos sintomas emocionais e físicos. Seus relacionamentos são mais sensíveis e menos ansiosos.

Não entre em pânico e leia este livro.

(Nem) tudo está perdido

formato 16 x 23 cm

páginas 240

lançamento 10 julho 2021

ISBN 978-65-89623-72-8

R$ 44,90

gênero saúde mental